The Meaning Of Life: O nascimento no primeiro mundo
Mulheres separadas pelas horas.
Filme:  The Hours  Diretor: Stephen Daldry

A narrativa multiplot é um dos mecanismos utilizados por muitos realizadores. Sua tradução pode ser algo como “múltiplas tramas”. À partir do pensamento deleuziano, acerca do estudo do rizoma aplicado à filosofia, embasa-se esta narrativa. Segundo Deleuze, no rizoma “não existem pontos ou posições como se encontra numa estrutura, numa árvore ou raiz. Existem somente linhas”.

O mesmo aplica-se ao multiplot, esta narrativa consiste em diversas tramas, sem qualquer hierarquia. Todos os plots são importantes para a história, podem ocorrer paralelamente ou ter algum espaço de tempo entre suas ações. Ligam-se ou não. São diversas tramas, podem ser conexas ou não, a matriz central pode ser um lugar, um acontecimento, um objeto, um dia. Uma narrativa multiplot possui diversos padrões. Apresento-vos os principais padrões deste tipo de narrativa.

1. Diversos segmentos, sem qualquer intersecção entre eles:

Possuem diferentes personagens, em tramas que não se cruzam; suas histórias são independentes, o desenvolvimento é individual, não interferindo nas demais. Todas possuem começo, meio e fim. O tema central é seu único ponto de ligação; que pode ser um lugar, ou algum objeto, uma ideia etc. Na produção Monty Python: The Meaning of Life, o grupo de humor britânico Monty Python, acompanha a saga do homem; desde o nascimento à morte. O filme critica vícios e tipos na sociedade.

birth monty phyton
The Meaning Of Life: O nascimento no primeiro mundo

A história é contada através de quadros, que têm apenas como ligação mostrar os passos do homem na tentativa de entender qual seria o real sentido da vida. Não há encontros de personagens fora de seus segmentos. Personagens não se repetem e não se encontram; as ações individuais não fazem parte de uma única história, são todas independentes. Para mais exemplos: Everything You Always Wanted to Know About Sex But Were Afraid to Ask (Woody Allen); Paris, Je T’Aime (Diversos), Coffee and Cigarrettes (Jim Jarmusch), entre outros.

2. Tramas paralelas que se cruzam:

Os espectadores acompanham diferentes personagens, em trajetórias paralelas. Porém, em algum ponto há algo que os conecte. A ação de cada personagem influencia o desenvolvimento da história. Eles podem ser movidos por ações dos demais ou através de alguma rede de intrigas. Como nos filmes Pulp Fiction (Quentin Tarantino), Crash (Paul haggis) e Mystery Train (Jim Jarmusch).

Filme: Mystery Train Diretor: Jim Jarmusch
Filme: Mystery Train  Diretor: Jim Jarmusch

Nesse padrão há dois tipos distintos: o contato direto e indireto. No contato direto, personagens de alguma forma se encontram. E é nesta intersecção das tramas que sofrem mudanças. E no segundo caso, uma ação indireta pode afetar ocasionalmente as demais histórias. Outra característica importante nesse padrão é a linearidade dos fatos. As ações podem ser narradas à partir do ponto de vista dos personagens até a intersecção das tramas ou podem ser não lineares.

Há dois exemplos de filmes que podem elucidar melhor sobre esses dois tipos: Amores Perros e Babel, ambos do cineasta mexicano Alejandro González-Iñárritu. No primeiro, um acidente de carro muda a vida de três pessoas. Os espectadores acompanham a saga de cada um até o acidente e as mudanças ocasionadas após. Sua estrutura é não linear, porém cada plot é narrado de acordo com a cronologia de cada personagem. Os três plots acontecem simultaneamente.

Os personagens têm contato, mas não se conhecem. Octavio assiste a um programa de TV, onde Valeria apresenta seu cão Richie e seu suposto namorado. O que sucede é um acidente envolvendo os dois. O acidente ocorre momentos depois de sua participação no programa e de uma fuga de Octavio. A convergência de suas histórias muda drasticamente suas vidas e sincroniza a cronologia das ações dos segmentos.

A estrutura de Babel difere de Amores Perros. Não é segmentado e a cronologia das ações de todos os segmentos são montadas de forma que se cria um quebra-cabeça. Todos os segmentos são ligados por uma arma. Yasujiro presenteia um pastor marroquino com uma arma, o mesmo a vende a Abdullah. Os dois filhos de Abdullah utilizam a arma inadequadamente e atingem Susan. O acidente culmina na ida dos filhos de Susan ao México, com sua secretária do lar, Amélia.

Cada ação reverbera uma reação em outro plot, mesmo que indiretamente. A notícia do “atentado” de Susan tem destaque em noticiários, tanto no Japão quanto no Marrocos. A montagem do filme utiliza-se de referências para narrar a trama. De forma que, uma cena faz referência à seguinte. Como nas sequências envolvendo policiais, apontam o clímax das tramas: Chieko conversa com o detetive acerca da arma; seguida da cena em que Yussef, Ahmed e Abdullah pegam a tal arma, fogem e são surpreendidos pela polícia e a seguir Amélia retorna aos EUA com as crianças, mas sendo parados na fronteira. Com isto, a montagem ganha mais propriedade na narrativa. Uma vez que sua estrutura se baseia nas ações e nas referências que um plot tem no outro.

 3. Um tema central, com diversos mini-plots

Filme: Inglorious Basterds Diretor: Quentin Tarantino

Uma dona de cinema, um exército anti-nazista e uma atriz alemã. Esses personagens têm suas tramas ligadas com um único objetivo: matar Adolph Hitler. Inglorious Basterds (Quentin Tarantino) narra uma versão diferente do holocausto, diversos personagens desconexos, que se conectavam em planos de acabar com o nazismo.

Esse formato tem sido recorrente em comédias românticas, foi utilizado em Love Actually (Richard Curtis) e repetido no cinema estadunidense em Valentine’s Day, He’s Just Not That Into You (Ken Kwapis), New Year’s Eve (Gary Marshall), NY I Love You (Diversos) e What To Expect When You’re Expecting (Kirk Jones).

O que todos esses filmes têm em comum é a forma como o multiplot é utilizado. São diversos núcleos, e que, se cruzam repetidamente. Sarah Jessica Parker reluta em encontrar o possível amor de sua vida em uma festa de ano novo, enquanto Josh Duhamel se prepara para uma festa imperdível.

Ao final, os espectadores descobrem que Sarah era o motivo de ansiedade de Josh e o mesmo era o príncipe encantado dela. O foco central neste padrão é o tema, sendo apresentado de diferentes formas por segmentos que de alguma forma têm uma ligação. Formando uma grande rede de relações sob um mesmo objeto (seja a noite de ano novo, o dia dos namorados, a cidade de Nova York ou os vários tipos de relacionamentos).

Os padrões apresentados neste post não são fixos, podem apresentar outras variantes e características. Porém é interessante poder analisar essas tipografias, para entender onde o personagem quer ir. O cinema e a tv têm cada vez mais diversificado as formas de narrativa, atraindo cada vez mais os olhares curiosos dos cinéfilos e o multiplot é um dos recursos mais utilizados para atrair o público, seja pelo apelo em seu casting, ou pela profusão de tramas.

 

Thais Nepomuceno
Fã efusiva do cineasta Alexander Payne, cultiva um sonho cinematográfico: um dia, John Cusack aparecer na janela de seu quarto, segurando um boombox no alto, tocando "In Your Eyes" (assim como no filme "Say Anything"). Thais Nepomuceno é produtora cultural, com especialização em cinema. Durante um ano estudou produção cinematográfica na ESTC em Lisboa, onde produziu o curta-metragem “Chronos” da diretora portuguesa Joana Peralta. Antes de sua formação no exterior, Thais já havia colaborado em sites de cinema, participado de curadorias em cineclubes e estagiado na TV Brasil. Foi quando dirigiu e produziu o curta-metragem "A View To A Kill - the Director's Cut". O filme já participou de festivais universitários e exibições em cineclubes. Esta pequena produção, com custo zero, feito a partir da colaboração de seus amigos é uma grande brincadeira com os clichês do terror adolescente; auto-definido como freshy trashy movie. Atuou na coordenação de pós-produção da TV Globo e agora está realizando seu mestrado em Formatos e Conteúdos Audiovisuais, na Universitat de Valencia (Espanha). E não fale mal do Leonardo Dicaprio perto dela.

2 COMENTÁRIOS

DÊ SUA OPINIÃO