A noite competitiva de Balé Clássico de Repertório e Jazz, do 33º Festival de Dança de Joinville, levou a platéia ao delírio com competidores de níveis altíssimo e o mais impressionante, suas idades.

A mesma começou com as apresentações de balé clássico de repertório – variação feminina – júnior, na qual houve muito equilíbrio entre as competidoras, demonstrando técnica, conhecimento corporal, físicos muito bem trabalhados e expressões fortes que contam muito em um palco tão grande como o do Centreventos Cau Hansen. Porém, em uma categoria tão boa, o destaque foi para o grupo Ballet Márcia Lago – de São Paulo, capital – com a variação Harlequinade, que levou o troféu de primeiro lugar da noite com a solista Giovanna Pessoa. Essa variação é bem conhecida no Festival de Dança, sendo executada por diversos bailarinos e para ganhar uma colocação precisa impressionar muito os jurados, e foi o que Giovanna fez com muita determinação, foco e competência, mostrando para o que veio.

19418802184_1cfa09a41c_z
Bailarina: Giovanna Pessoa. Foto: Nilson Bastian

A categoria Balé Clássico de Repertório – Grand Pas de Deux – Júnior impressionou a todos com um casal de solistas em particular e que quase não pecaram, obtendo a melhor nota e levando o segundo lugar (não houve primeiro colocado). O Balé Jovem de São vincente – de São Vincente (SP) – trouxe ao palco a coreografia Paysant do balé Giselle, com os solistas Luiza Almeida e Yago Pigão que deixaram o público de “boca aberta” com a belíssima apresentação, com técnica e perfeição em quase todos os movimentos e dando finalização a eles, foi uma apresentação maravilhosa e digna de primeiro lugar.

20033175202_c1b44c123d_z
Bailarinos: Luiza Almeida e Yago Pigão. Foto: Diego Redel

A Cep em Arte Basileu França – de Goiás (GO) – na categoria, Balé Clássico de Repertório – variação masculina – Sênior, levou o primeiro lugar com o solista Marcos Vinícius Souza, que dançou a variação Esmeralda, com muita competência e uma boa técnica clássica.

20033816662_68fdd866fb_z
Bailarino: Marcos Vinícius Souza. Foto: Nilson Bastian

O Jazz por fim, ganhou a noite com apresentações de conjunto – sênior e tornando a Eliane Fetzer Centro de Dança – de Curitiba (PR) – com a coreografia Ruídos e Paixões, a vencedora da categoria. Com uma apresentação extremamente inexplicável, com ousadia e explosão de um grupo que dançou unido mostrando sua força e que ao serem anunciados como vencedores da noite não seguraram a emoção; palmas, gritos e sorrisos foram pouco para expressar a felicidade de ver o reconhecimento de um trabalho que exigiu muito de cada um que esteve dentro ou fora do palco, mas que esteve ali dando a força que precisavam, como no caso da própria coreografa Eliane Fetzer.

20041250735_e450834f1a_z
Coreografia: Ruídos e Paixões. Foto: Nilson Bastian

 

Confira abaixo a lista completa dos vencedores da quarta noite competitiva:

Balé Clássico de Repertório – Grand Pas de Deux  – Junior

2º lugar: Luiza Almeida e Yago Pigão – Balé Jovem de São Vincente (SP) – Balé: Paysant do  balé Giselle

3º lugar: Giovanna Ferrari e Guilherme Monteiro – Balé “Petite Danse” (RJ) – Balé: La Fille Mal Gardèe

 

Balé Clássico de Repertório – Variação Feminina – Junior

1º lugar: Giovanna Pessoa – Ballet Márcia Lago (SP) – Balé: Harlequinade

2º lugar: Mariana Paschoal – Ballet Paula Gasparini (SP) – Balé: Noite de Valpurgis

3º lugar: Isabella Bellotti – Ballet Adriana Assaf (SP) – Balé: Harlequinade

3º lugar: Anne Jullieth Pinheiro – Ballet Helly Batista (PI) – Balé: Harlequinade

 

Balé Clássico de Repertório – Variação Masculina – Sênior

1º lugar: Marcos Vinícius Souza – CEP em Arte Basileu França (GO) – Balé: La Esmeralda

2º lugar: Leusson Muniz – Balé do Teatro Basileu França (GO) – Balé: Paquita

3º lugar: Gabriel Lopes – Cia de Dança Marcela Campos (SP) – Balé: La Esmeralda

 

Jazz – Conjunto – Sênior

1º lugar: Eliane Fetzer Centro de Dança (PR) – Ruidos e Paixões

2º lugar: Instituto de Orientação Artística (SP) – Relacionamento

3º lugar: Grupo de Dança Anderson Couto (SP) – Encontros e Desencontros

 

Essa foi a apenas a quarta noite de competições do maior festival de dança do mundo e que promete muito mais emoção, euforia, agito e claro, muita dança. 

 

Foto da capa: Bailarino: Leusson Muniz. Foto: Nilson Bastian

Filipe Souza
Filipe Souza, 19 anos, estudou na Escola Municipal de Ballet de Joinville e atualmente está no último ano de Dança Contemporânea na Escola do Teatro Bolshoi no Brasil. Além disso, também fez cursos livres e workshops de dança clássica, contemporânea e jazz.

DÊ SUA OPINIÃO