Na manhã desta terça-feira, dia 30 de junho e último dia da Mostra Competitiva Fendafor, o cenário não mudou muito dos dois dias anteriores. Muitos bailarinos já nervosos para a chegada da noite, outros nem tanto. Figurinos e adereços sendo carregados por todos os lados, fotos e mais fotos nos camarins, amizades feitas durante o festival se despedindo, especulações sobre quem vai competir com quem… No jardim as vendas de artigos de dança continuam a mil, Capézio, Só Dança, Bia&Bill e Devant são as marcas expostas nos stands do festival, trazendo novidades em collants, sapatilhas, bolsas, camisas e acessórios de dança com preços diferenciados do mercado, ótimos descontos e preços. É chegada à hora das apresentações no Mercado da Dança, as 16 horas no Jardim Burler Marx do Teatro José de Alencar, grupos como: Ribalta Companhia de Dança/PA, Du-Jazz/CE, Warrios Black/CE, Escola de Dança Ribalta/PA e Cia de Dança Arabesque/PB fizeram a alegria da plateia ao cair da tarde.

O corpo de Júri foi formado por: Sérgio Lobato (Diretor Artístico do Teatro Municipal do Rio de Janeiro/RJ), Mariza Estrela (Maitre de Ballet Clássico e diretora do Centro de Dança do Rio de Janeiro/RJ), Guivalde Almeida (Diretor da Cia Brasileira de Danças Clássicas/SP), Gisela Vaz (Presidente do Conselho Brasileiro de Dança, Diretora do Centro de Dança de Goiânia, e Idealizadora e diretora do Festival Internacional de Dança de Goiás), Adriana Vilella ( Maitre de Dança e Membro do Conselho Internacional da Dança UNESCO/MG) e Leonardo Quintão (Maitre de Dança de Belo Horizonte/MG). Competiram as categorias Baby, Pré, Infantil, Juvenil, Adulto e Avançado, nas modalidades: Variações, Solo Clássico Livre, Solo Livre, Solo Jazz, Duo Jazz, Solo Danças Urbanas, Duo Danças Urbanas, Trio de Repertório, Trio Livre, Trio Moderno Contemporâneo, Conjuntos de todas as modalidades, Pás Deux e Grand Pás de Deux.

Entre os destaques da noite estão: o “alongadíssimo” Douglas Marques (15) sobressaindo com seu Solo Livre chamado “Deixe-me ir” do Grupo AMA/CE (Direção e coreografia: Tamires Freitas). O belo bailarino Wladson Oliveira (16) com o Solo “Fôlego” que como diz o nome foi de tirar o fôlego, cheio de saltos, giros e acrobacias da Cia Jovem do BCAD/CE (Coreografia: Cris Jucá). A talentosa bailarina Jézlia Beatriz (16) e seu partner Emanuel Tavares (18) mostraram intimidade, técnica e desenvoltura no seu Pás de Deux de “Talisman” com adaptação feita pela professora Socorro Quintela. A coreografia “Retalhos”, de autoria de Jonas Jorge, também encantou com várias bailarinas sob sapatilhas de ponta e um enredo nordestino bastante animado do Ballet Hugo Bianchi/CE (Direção: Hugo Bianchi e Félix). O Grupo Cearense de Dança Clássica/CE (Direção: Everardo Freitas) mais uma vez obtiveram  as maiores notas com as bailarinas Lívia de Castro (17) com a Variação “Rainha dos Cisnes” e Carolina Gomes (18) apresentando a variação “Tchaikovsky”.

O bailarino Welson Felípio (18) demonstrou força, garra e belíssima expressão na sua Variação de “O Mercador”. Leonardo Germano (17) obteve as maiores notas da modalidade Variação Adulta Masculina dançando “Colas” e mais uma vez a talentosíssima bailarina Regilanny Fabrício (20) alcança notas altíssimas com a Variação de enorme dificuldade técnica “Cisne Negro”, ambos da Escola de Ballet Janne Ruth/CE (Direção: Janne Ruth e Atenita Caira). Douglas Souza (18) contagiou o teatro com Solo Jazz “Close” dando um show de animação e musicalidade do Grupo de Dança do BCAD/CE (Direção: Jannne Ruth e Cris Jucá). Marvin César (17) atingiu altas notas com Solo Hip Hop Adulto do Grupo Soul Art/RN (Direção e coreografia: Marvin César).

A Academia Michelle Fontenelle/CE (Direção: Michelle Fontenelle, Coreografia: Adilton Ferreira e Michelle Fontenelle) alcançaram a proeza de tirar nota DEZ em unanimidade de todos os jurados, na coreografia “Pérola Negra” com um show de interpretação, técnica, boa música, cenário perfeito e maravilhosos bailarinos. O bailarino Cláudio Costa (20) da Escola de Baller Lucymeire Aires/CE (Direção: Lucymeire Aire) também atingiu o merecido DEZ com unanimidade dos  jurados com a Variação Avançada “La Fille Mal Gardée, muitas piruetas e saltos travados da maneira que deve ser.

A bailarina Soraya Bruna (20) demonstrou força e musicalidade no seu Solo Jazz Avançado “Percepções” e Jaime Prado (26) também se destacou com o Solo de Jazz Avançado chamado “Incondicionalmente” ambos do Studio In Dance/CE (Direção: Márcio Carvalho e Ingrid Rocha, Coregrafia: Márcio Carvalho). Outros grupos como Cia Desconexo (Diretor e coreógrafo: Levi Campos), Ballet Contemporâneo Rocha-Juazeiro/CE (Coreografia: Diego Lopez), Espaço Ballet (Direção: Douglas Motta), Centro de Ballet Clássico Mônica Luiza/CE (Direção: Mônica Luiza), Studio de Danças Raquel Pinheiro/CE (Direção: Raquel Pinheiro) e Escola de Danças Clara Pinto/PA (Direção: Clara Pinto), também foram destaques da última noite de Mostra Competitiva Fendafor.

Hoje, quarta-feira dia 01 de julho, será a noite de premiação, entrega de medalhas para os primeiros colocados de solos, duo e trios e troféus para conjuntos. No último dia de Fendafor, que será no domingo dia 05 de julho, será a noite dos campões, onde o primeiro colocado de cada modalidade irá reapresentar sua coregorafia e logo após será divulgado quem será agraciado com as premiações especiais e indicações. As premiações especiais são: premiações em dinheiro, bolsas para cursos nacionais e internacionais, seleção para dançar como convidado no Festival Internacional de Dança CBDD e indicação para o VKIBC – Valentina Kozlova International Ballet Competition em New York em maio de 2016.

 

NAT_7922NAT_8043 NAT_8247 NAT_8418 NAT_8645

Fotos por Hugu Silveira

Cris Jucá
Bailarina formada pela escola de Ballet Janne Ruth, coreógrafa, professora de Ballet clássico, Contemporâneo e Alongamento e flexibilidade, Coordenadora Artística da ONG BCAD. Formanda em Educação Física na Universidade Estácio Fic, iniciou seus estudos em dança aos cinco anos de idade e permanece até hoje envolvida no mundo da dança. Participou de vários festivais e tournées dentro e fora do Brasil. Passou pela Escola de ballet Sandra Chavante, Grupo de Dança do Colégio Militar, Corpo de baile do BCAD e Cia de Dança Janne Ruth. Atualmente é bailarina do Studio de Dança Mainara Albuquerque em Fortaleza (Ceará).

DÊ SUA OPINIÃO